Aquela postagem inicial pra ver se tudo está funcionando.

Caramba, como é difícil escrever um post inicial. Havia me esquecido, após anos apenas reagindo a postagens, criticando políticos e escrevendo legendas para memes sinto que estou bem enferrujado. Esse blog é uma tentativa de tirar essa ferrugem. Aliás é uma tentativa de restaurar toda uma série se relações problemáticas, o típico blog pessoal para fazer as pazes consigo mesmo.

Sei que hoje não é de bom tom expor dificuldades e questões pessoais, os coaches, instagrammers e digital influencers por aí recomendam que todos sejam perfeitos, felizes, trabalhem enquanto todo mundo dorme, façam clareamento dental e elenquem apenas três coisas nos textos. Desculpe, não sou assim, mas nem por isso sou uma pessoa ruim ou menos apaixonada pelas minhas atividades.

Quando você digita amador no Google aparece isso:

amador

  1. frm. que ou o que ama; que ou o que tem amor a alguma pessoa; amante.
  2. que ou aquele que gosta muito de alguma coisa; amante, apreciador, entusiasta.

Este blog é isso, um trabalho amador. Me encaixo nessa segunda definição, gosto de desenhar, gosto de saber como as coisas funcionam e, por mais que isso esteja fora de moda e meu temperamento em algumas ocasiões aponte o contrário, gosto das pessoas.

Não sei se conseguirei fazer a minha parte de manter a internet alimentada de conteúdo que todo mundo compartilha sem ler mas pretendo manter esse espaço ativo e com postagens regulares. Aliás pretendo manter meus espaços ativos, na página de info você encontra links para meus perfis nas mais diversas redes, meu plano é subir quadrinhos uma vez por semana no velho e bom Tumblr e meu portfólio segue no Behance e é isso galera, buckle up and enjoy the ride.